O maior blog de Retail Media do Brasil: tudo que você precisa saber sobre mídia no varejo!
Glossário de Retail Media: conheça os principais conceitos

Glossário de Retail Media: conheça os principais conceitos

Descubra quais são os termos mais relevantes de Retail Media que você precisa saber para trabalhar com o canal!
11/07/2024 9 minutos de leituraPor Karine Figueiredo

Você conhece os termos mais usados ao se trabalhar com Retail Media? Como o canal ainda é muito novo, é comum que haja muitas dúvidas e dificuldade na compreensão de alguns conceitos. 

Pensando nisso, criamos o Glossário de Retail Media, que tem como objetivo explorar de forma breve quais são as principais terminologias exploradas na mídia no varejo. 

A lista está organizada por ordem alfabética e nosso objetivo é atualizá-la sempre que necessário! Mas antes disso, vamos começar com o conceito de Retail Media! 

Vamos lá? 

Retail Media

Retail Media é a publicidade realizada nos canais de venda ou espaços publicitários do varejo. O diferencial está na utilização de dados de comportamento de compra do consumidor para criar campanhas personalizadas, além de uma mensuração mais eficiente do que em outros formatos de publicidade. 

Anunciante endêmico 

Anunciante endêmico no varejo são aquelas marcas que anunciam produtos que estão  diretamente relacionados ao que o varejo está vendendo. Isso significa que essas empresas promovem produtos ou serviços que são de interesse direto para os consumidores que frequentam ou compram em lojas varejistas específicas. Por exemplo, quando a Samsung faz um anúncio na Americanas que já vende seus produtos, a marca é considerada endêmica. 

Anunciante não endêmico

Anunciante não endêmico é aquele que promove seus produtos em determinado varejo sem que eles estejam diretamente relacionados ao que aquele e-commerce vende. Por exemplo, a Fiat pode fazer campanhas de mídia no Magazine Luiza em alguma determinada categoria, porém a Magalu não vende automóveis da Fiat, mas a marca considera que seus consumidores compram nesse marketplace e é interessante atraí-los por lá. Então, a Fiat é um anunciante não endêmico nesse caso. 

C

CDP (Customer Data Platform)

CDP (Customer Data Platform ou Plataforma de Dados do Cliente) é um software que cria um banco de dados de clientes unificado – utilizando diversas fontes – para criar uma visão única e completa de cada cliente. Esses fontes podem conter dados comportamentais, ações realizadas em um site ou aplicativo, interações dos clientes, dados transacionais (compras e devoluções), dados demográficos, etc. 

Closed-Loop Measurement 

Closed-Loop Measurement é a possibilidade de rastrear e medir o impacto das campanhas de marketing do início ao fim. Em Retail Media, é a capacidade de medir o funil de vendas completo – da conscientização à conversão, conectando os dados de marketing às ações reais dos consumidores até chegarem à venda. 

Connect TV (CTV) 

Connect TV ou TV Conectada (CTV) são os aparelhos de televisão conectados à internet que permitem ao usuário assistir vídeos, ouvir músicas e navegar na internet. Também são conhecidos como TV Inteligente ou Smart TV. Alguns exemplos são: Netflix, Amazon Prime, GloboPlay, etc. 

Cookies 

Cookies são pequenos arquivos de texto que armazenam informações sobre o consumidor de forma que é possível rastrear o seu comportamento na internet. No entanto, devido a preocupações com a privacidade, LGPD e a segurança dos dados, muitos navegadores estão começando a restringir o uso de cookies de terceiros. Isso significa que as empresas não poderão mais rastrear os usuários da mesma forma que antes. Saiba mais sobre o fim dos cookies

CRM (Customer Relationship Management)

CRM (Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) é o conjunto de ferramentas que o varejo e outras empresas utilizam para entender, acompanhar e interagir de forma mais eficaz com os seus clientes durante todo o ciclo de relacionamento com eles. No Retail Media, o CRM é fundamental para compreender o comportamento de compra e oferecer ofertas personalizadas de acordo com as necessidades de cada cliente. 

Data Clean Room

Data Clean Room é uma solução que permite que empresas compartilhem dados de forma segura e anônima, garantindo a privacidade dos usuários. No Retail Media, os varejistas podem aproveitar os dados de parceiros e fornecedores para direcionar anúncios relevantes para os consumidores certos, no momento certo. Isso aumenta a eficácia das campanhas e maximiza o retorno sobre o investimento.

Digital Signage

Digital Signage se refere ao uso de telas digitais, como LCDs, painéis de LED, projetores ou outros dispositivos utilizados em lojas físicas para exibir informações, promoções ou anúncios direcionados para públicos específicos. 

Display

Display é a área no qual produtos são exibidos em destaque no e-commerce. Essa exposição pode ser na home, em uma página de categorias, em um banner ou outro elemento que destaque determinados produtos, ofertas ou informações relevantes para os consumidores. 

DMP (Data Management Platform)

DMP (Data Management Platform ou Plataforma de Gerenciamento de Dados) é uma tecnologia utilizada por diversas empresas para coletar, armazenar, organizar, processar e analisar grandes volumes de dados de diferentes fontes. No varejo, uma DMP permite segmentar a audiência com base em dados de comportamento de compra, preferências de produto, dados demográficos, localização geográfica. Isso permite que o varejista direcione suas campanhas de marketing de forma mais precisa, apresentando produtos relevantes para grupos específicos de clientes.

DSP (Demand-Side Platform)

DSP (Demand-Side Platform ou Plataforma de Lado de Demanda) é a tecnologia ou plataforma utilizada por anunciantes e agências de publicidade para comprar anúncios de forma programática em vários canais e sites. A DSP permite que anunciantes configurem campanhas de mídia e comprem espaços publicitários em tempo real com base em critérios específicos, como localização, interesse demográfico, comportamento de navegação, etc. 

F

First party data 

First party data ou dados primários/proprietários são as informações que os varejistas possuem de seus clientes. Com o fim dos cookies, o first-party data são os dados mais valiosos para a criação de audiências qualificadas, segmentadas e personalizadas. É a grande oportunidade do varejo monetizar essas informações para criar campanhas de mídia mais assertivas com seus anunciantes. 

I

Incrementalidade 

Incrementalidade refere-se à medida em que uma ação ou estratégia específica, como uma campanha de marketing, promoção ou iniciativa de vendas, gera um aumento adicional nas vendas ou no desempenho de negócios que não teria ocorrido naturalmente. Em outras palavras, é a quantificação do impacto positivo adicional que uma atividade específica teve sobre o desempenho em relação a um cenário de “sem ação” ou “sem intervenção”.

L

Lift de Venda 

Lift de Venda é uma métrica que avalia o impacto positivo adicional que determinada campanha de marketing teve sobre as vendas de um produto ou categoria específica. É uma maneira de medir o sucesso de uma campanha ao avaliar quanto ela contribuiu para o aumento nas vendas.

M

Mídia Onsite 

Mídia onsite é aquela que acontece dentro da propriedade do varejista, como em uma loja física, e-commerce, aplicativo. Alguns exemplos são: produtos patrocinados ou banner/display no e-commerce, digital signage na loja física, emails ou notificações personalizadas via CRM. 

Mídia Offsite

Mídia offsite é aquela que acontece fora das propriedades do varejista, como em redes sociais, sites diversos que permitem fazer anúncios, TV Conectada e outros. 

Mídia In-store

Mídia in-store é aquela que acontece dentro da loja física, geralmente em telas digitais ou digital signage. 

Mídia Programática 

Mídia programática é um tipo de abordagem automatizada e orientada a dados para comprar, veicular e otimizar anúncios publicitários em tempo real na internet. Essa prática utiliza tecnologia e algoritmos para tomar decisões sobre a compra de espaço publicitário online com base em diversos critérios, como público-alvo, localização, contexto e comportamento do usuário.

O

Omnichannel/Omnicanalidade 

Omnichannel ou omnicanalidade é a capacidade das empresas de integrar os canais online e offline, oferecendo a mesma experiência de compra para o consumidor, independentemente de qual canal ele vá realizar a compra. Uma estratégia omnichannel integra lojas físicas, e-commerces, aplicativos e demais canais de comunicação com os consumidores. 

Produtos Patrocinados 

Produtos patrocinados são aqueles anúncios que aparecem nos e-commerces ou aplicativos quando um consumidor faz uma busca dentro do site ou quando explora uma categoria específica. No Retail Media, é o tipo mais comum de anúncio. 

R

Retail Media é a publicidade realizada nos canais de venda ou espaços publicitários do varejo. O diferencial está na utilização de dados de comportamento de compra do consumidor para criar campanhas personalizadas, além de uma mensuração mais eficiente do que em outros formatos de publicidade. 

ROAS (Return on Ad Spend)

ROAS (Return on Ad Spend ou Retorno sobre o Investimento em Publicidade) é o KPI mais utilizado no Retail Media para medir a eficácia de uma campanha de anúncios em determinado varejista, analisando o quanto de receita foi gerado em relação ao valor gasto em publicidade. A fórmula para medir o ROAS é: 

ROI (Return on Investment) 

ROI (Return on Investment ou Retorno sobre Investimento) é uma métrica utilizada para medir quanto a empresa faturou de acordo com os investimentos feitos no Marketing. Para calcular o ROI, utiliza-se essa fórmula: 

S

Share de Busca/Share of Search 

Share de Busca ou Share of Search para medir a participação ou fatia de mercado que um determinado anunciante detém nas pesquisas realizadas pelos usuários em um site ou aplicativo. Em termos simples, o share de busca responde à pergunta: “Quantas das buscas feitas por usuários em um determinado período levaram a cliques ou impressões no meu site ou anúncio em comparação com o total de buscas feitas nesse período?”

A fórmula para medir o Share de Busca é: 

Share de Busca = (Número de Impressões da Campanha / Número de Impressões Total) x 100

Share de Venda/Market Share 

O Share de Venda ou Market Share é uma métrica que avalia a fatia de mercado que uma empresa ou produto detém em relação ao total de vendas em um determinado setor ou categoria de produtos durante determinado período de tempo. Essa métrica é usada para medir a posição competitiva de uma empresa ou produto em relação aos seus concorrentes.

Para medir o market share, é utilizada a seguinte fórmula: 

Share de Venda = (Vendas da marca / vendas do canal) x 100

Esses são os principais conceitos utilizados no Retail Media, mas como falamos anteriormente, essa é uma lista que será atualizada sempre que necessário. 

Você já conhecia esses termos? Tem algum que foi novidade para você? Aproveite para se aprofundar no tema e compreender as diferenças entre Retail Media e Google Ads. Confira!

Karine Figueiredo

Head de Marketing na Newtail com experiência em Inbound, Branding, ABM e Retail Media. Forte atuação em diferentes frentes de empresas de tecnologia focadas no varejo e indústria.

Publicações relacionadas