Dia a dia do varejo

As categorias que mais crescem no ecommerce

Conhecer as categorias que mais crescem no ecommerce é dar um primeiro passo em prol da criação de um negócio lucrativo. Esse conhecimento pode ser valioso para quem está apenas começando ou para quem deseja mudar o rumo de um negócio já em operação.

Segundo as estimativas (estudo da webshoppers), no ano de 2019, o ecommerce fechará com mais de 60 bilhões de reais em vendas. É um número assustador, não é mesmo? E o interessante é que a previsão é de que o setor continuará crescendo nos próximos anos.

Por isso, ter uma noção das categorias que mais crescem no ecommerce pode ser uma informação extremamente valiosa. Felizmente, é isso que você encontrará neste post. Vamos começar?

7 categorias que mais crescem no ecommerce…

Antes de conhecermos as categorias que mais crescem no ecommerce, é importante destacar alguns pontos. Acompanhe:

  • O ranking é baseado no estudo webshoppers, que é a maior pesquisa do segmento no Brasil;
  • A organização adotada pelo post será em função do volume financeiro de cada categoria.

Com esses pontos definidos, podemos começar a conhecer as categorias que mais crescem no ecommerce…

Aparelhos telefônicos

O setor de telefonia é aquele que mais fatura em todo o país. Segundo o estudo, existem mais celulares do que habitantes no país. E isso, claro, significa que os brasileiros compram esses produtos de forma massiva.

Essa categoria está sempre mantendo bons níveis de crescimento, pois as tecnologias não param de evoluir. Assim, como os clientes são praticamente “obrigados” a realizar a troca dos aparelhos, o segmento tende a ser muito lucrativo.

Eletrodomésticos

Houve uma época em que a categoria eletrodomésticos liderou o ranking de categorias que mais crescem no Brasil. Contudo, hoje o segmento cedeu seu lugar para o setor de telefonia.

Ainda assim, os números indicam que o mercado continua gerando bons resultados. Por se tratar de um setor dominado por grandes marcas, a competição é acirrada. Para apostar nesse mercado, o ideal é buscar soluções alternativas e fazer bom uso dos grandes marketplaces.

Eletrônicos

Nessa categoria é possível incluir aparelhos de TV, câmeras digitais, filmadoras digitais, aparelhos de DVD e Blu-Ray, Home Theaters e outros itens nessa linha. E o interessante aqui é que os periféricos têm ganhado muita popularidade nos últimos anos.

O mercado de eletrônicos é rico em nichos e apresenta um ticket médio bem interessante. Desse modo, com uma boa estratégia, talvez até com importação de produtos, é possível faturar alto nessa categoria.

Informática

A grande responsável por colocar o setor de informática entre as categorias que mais crescem no ecommerce foi a indústria dos games. Nos últimos anos, a popularidade do chamados eSports aumentou consideravelmente e isso movimentou o segmento.

Produtos de informática também devem ser atualizados constantemente, o que faz com que os consumidores desse tipo de produto estejam sempre realizando novas compras. Uma boa ideia é apostar em produtos voltados ao público gamer e soluções para profissionais que operam nos meios digitais.

Casa e Decoração

Em 2016, a categoria Casa e Decoração despontou com uma das categorias que mais crescem no ecommerce. Desde então, o segmento tem figurado com destaque em todos os rankings. Esse ramo é marcado por uma grande variedade de produtos e, consequentemente, muitas oportunidades.

Ingressar no segmento, com uma proposta bem definida e um nicho específico em mente, pode ser uma boa ideia. Aliás, existem lojas virtuais que se tornaram referências no mundo online, mesmo sem grande força no meio físico.

Moda e Acessórios

Aqui temos outro segmento que sempre fica em destaque. Como a moda é um “monstro mutável”, os consumidores estão sempre ávidos por novidades. Cabe destacar também que o segmento é o segundo melhor colocado nos rankings de volumes de pedidos.

O segmento possui diversos nichos e costuma funcionar muito bem para quem está chegando no universo do ecommerce. Enfim, trata-se de um segmento muito favorável ao crescimento de pequenos investidores. E sim, há algumas brechas que ainda podem ser exploradas nesse mercado. É bom analisar com cuidado.

Saúde, cosméticos e perfumaria

Fechando a nossa lista com as sete categorias que mais crescem no ecommerce, temos esse segmento que lidera o ranking de volume de pedidos. Na verdade, não é difícil entender os motivos que fazem o setor ser tão popular. A preocupação com a estética e a saúde não para de crescer.

O segmento é dominado por grandes marcas, mas também possui uma boa série de micro nichos esperando para serem explorados. Essa também é uma ótima oportunidade para iniciantes. E uma dica interessante é apostar em produtos voltados para o público masculino, pois essa demanda tem crescido de uma forma muito intensa.

Aproveite as brechas dentro das categorias que mais crescem no ecommerce…

A princípio, essa lista com as categorias que mais crescem no ecommerce pode parecer um pouco intimidadora. Os segmentos apresentados possuem grandes expoentes liderando o mercado e isso pode dificultar a vida dos pequenos empreendedores.

Porém, a ideia da lista é apresentar que esses mercados são os mais lucrativos e que, com um bom planejamento e estratégias inteligentes, é possível explorar brechas interessantes.

Prestar atenção às oportunidades disponíveis é algo que todo empreendedor deve fazer constantemente. Isso quer dizer que, com esta lista em mãos, você já terá pontos específicos para direcionar os seus esforços.

Avalie tudo com cuidado e faça o possível para explorar as categorias que mais crescem no ecommerce de forma criativa. Certamente, com muito estudo e ações bem planejadas, os resultados começarão a surgir.

Posts Relacionados

Sem comentários

    Deixe um comentário