Dia a dia do varejo

Black Friday Brasil: o histórico de vendas dos últimos anos

Embora o evento já exista há algum tempo nos Estados Unidos, a Black Friday Brasil é relativamente nova no mercado brasileiro. Conforme sugere o histórico, foi apenas em 2010 que a Black Friday passou a fazer parte do calendário do varejo brasileiro.

Hoje em dia, o evento já é uma das datas mais importantes entre os lojistas. Para você ter uma ideia, em relação ao ano de 2018, a Black Friday 2019 (a última realizada até então) registrou um aumento de 23,6% nos níveis de faturamento. Isto é, o evento está batendo recordes a cada ano.

Diante disso, este post tratará de lhe apresentar como a Black Friday Brasil tem evoluído ao longo dos anos. Obviamente, a intenção é lhe mostrar que todos os esforços investidos em ações para essa data tão importante realmente valem a pena para o seu negócio. Vamos começar?

A história da Black Friday…

Como já foi destacado, a Black Friday Brasil teve sua primeira edição oficial no ano de 2010. Contudo, esse evento já é muito tradicional nos Estados Unidos.

Segundo contam alguns relatos históricos, o termo Black Friday teve diversas conotações ao longo dos anos, mas, aparentemente, na década de 90 ele começou a ser utilizado para marcar o dia que inaugura a temporada de compras do natal.

A data, ou seja, a última sexta-feira do mês de novembro, guarda relação com o Dia de Ação de Graças, que acontece nos Estados Unidos na última quinta-feira do mês de novembro. Como no dia seguinte as pessoas vão às compras, a Black Friday nasceu.

Aqui no Brasil, nós não comemoramos o Dia de Ação de Graças, mas acabamos “importando” o costume de fazer a Black Friday na última sexta-feira de novembro… e deu certo!

A história da Black Friday Brasil…

No Brasil, a primeira Black Friday aconteceu no dia 28 de novembro de 2010 e ficou “presa” apenas ao mundo online. Nesse dia, tivemos um total de 50 lojas participando do evento.

Embora as vendas tenham aumentando de uma forma bem interessante, a ideia de “metade do dobro”, que foi propagada pelos consumidores, acabou marcando as mentes das pessoas e pesando negativamente na imagem da Black Friday.

E realmente, embora houvessem lojas oferecendo bons descontos, alguns lojistas aumentaram os preços dos produtos a fim de, com o desconto, trazê-los para os preços normais, criando a ilusão de que havia uma promoção.

Tais práticas marcaram os primeiros anos da Black Friday até que a Câmara Brasileira do Comércio Eletrônico (Câmara e-net) resolveu criar o código de ética para a Black Friday, estabelecendo normas para fazer o evento cumprir a missão de oferecer belos descontos.

Assim, ao longo dos anos, as pessoas passaram a compreender melhor o funcionamento da Black Friday e foram se educando, a fim de aprender como avaliar as ofertas e identificar as promoções reais. Com clientes cada vez mais preparados, as lojas tiveram que se adaptar e garantir que o ideal da Black Friday fosse realmente cumprido.

Ao longo dos anos, a Black Friday Brasil foi se tornando cada vez maior, conquistando muitos clientes e garantindo belos aumentos nos faturamentos dos lojistas. E é isso que os números indicam…

A Black Friday Brasil em números…

Já no ano de 2011, o segundo da Black Friday Brasil, o aumento em relação à primeira edição foi de 80%. Apenas o setor do ecommerce conseguiu alcançar 100 milhões de reais e foi graças a esse sucesso que a Cyber Monday também foi importada dos Estados Unidos, passando a fazer parte do calendário do varejo no ano seguinte.

Em 2012, a Black Friday Brasil contou com mais de 300 lojas virtuais e as primeiras movimentações na lojas físicas. Contudo, foi em 2013 que a Black Friday Brasil bateu recordes, superando 2012 em 60%, mas também registrando muitas reclamações. Foi em 2013, que o termo “Black Fraude” surgiu.

Em 2014, a Black Friday Brasil alcançou R$ 1,2  bilhão em vendas, apenas pela internet. No ano seguinte, o total ficou em R$ 1,7 bilhão e em 2016, R$ 2,1 bilhões.

Quando o Brasil entrou em “crise”, o ano de 2017 registrou um aumento de 10,3% em relação ao ano anterior. Isto é, mesmo em cenários adversos, a Black Friday Brasil não parou de crescer.

Na Black Friday brasil de 2018, o crescimento foi de 20% em relação a 2017, mas a Black Friday 2019, que foi finalizada há algumas semanas, superou essa marca, registrando um aumento de 23,6%, com um faturamento de R$ 3,2 bilhões.

Black Friday Brasil: o dia mais importante do varejo

Conforme pôde notar, a Black Friday Brasil já se tornou um sucesso entre os consumidores. Apesar do início complicado, que deixou estigmas que até hoje são citadas, como os termos “Black Fraude” e “metade do dobro”, o evento se consolidou e tem alcançado resultados impressionantes.

Diante dos números, não há muito a ser dito. A Black Friday Brasil é uma grande oportunidade para os lojistas. Portanto, todos os investimentos para tomar proveito dessa data devem ser feitos. Isso é um fato e os números não mentem.

Sendo assim, se você é lojista e ainda estava com dúvidas sobre o potencial da Black Friday Brasil, as informações apresentadas irão lhe ajudar a ter uma visão mais clara da força desse dia. Essa já é a data mais importante do varejo. Os lojistas que já entenderam isso, já estão lucrando. Então, agora que você tem esse conhecimento, é bom preparar o seu negócio para a próxima Black Friday.

Posts Relacionados

Sem comentários

    Deixe um comentário